X

Whatsapp Chat

Diferenças entre o Full Spectrum, o Broad Spectrum e o CDB Isolado

Diferenças entre o Full Spectrum, o Broad Spectrum e o CDB Isolado. No texto de hoje, vamos falar um pouco mais sobre estes três termos que definem algumas características importantes dos produtos derivados de Cannabis. Quem acompanha os avanços e as possibilidades do uso medicinal da Cannabis, já deve ter se deparado com alguns termos não muito usuais, isto porque, muitas vezes, esses termos são empregados no lugar de outros mais técnicos, na tentativa de facilitar um pouco a comunicação.

Antes de entrar no detalhe de cada um desses nomes, é importante lembrar que, por mais que uma planta seja uma ótima produtora de determinada substância de interesse, ela nunca produzirá apenas essa única substância. Junto a ela, estarão presentes várias outras, de diferentes classes químicas. A essa rica mistura, dá-se o nome de fitocomplexo, que é base utilizada na fabricação de um produto fitoterápico.

Mas também é possível obter uma única substância a partir do extrato de uma planta. Técnicas laboratoriais e industriais permitem isolar algum componente presente no fitocomplexo, resultando na obtenção de uma única substância em níveis quase 100% puros. A este componente isolado a partir do extrato vegetal, dá-se o nome técnico de fitofármaco.

E o que isso tudo tem a ver com os produtos derivados de Cannabis?

Produtos chamados de “Full Spectrum” nada mais são do que produtos feitos com o extrato integral da planta, ou seja, mantendo todo aquele fitocomplexo naturalmente produzido, equivalente a um fitoterápico. Isso quer dizer que o produto não é composto apenas de CBD, mas também por outros canabinoides, como THC, CBN, CBG, CBDV, CBC, entre outros, além de outras classes importantes, como terpenos e flavonoides. A ação conjunta de todas essas substâncias promove o que é chamado de efeito entourage, ou efeito comitiva em tradução livre, que corresponde ao potencial sinérgico de toda essa mistura, podendo apresentar efeito superior em comparação com o uso de uma única substância.

Já o termo “Broad Spectrum” se refere a produtos muito semelhantes aos da primeira categoria citada, com a diferença de que é retirado apenas o THC da composição. Esses produtos foram criados na tentativa de manter todo o sinergismo presente no extrato integral, enquanto se retira apenas a substância que exige maior atenção devido aos seus efeitos psicoativos e contraindicações em determinados casos.

Por último, mas não menos importante, os produtos “Isolados” são feitos com um fitofármaco, ou seja, com uma substância que foi purificada a partir do extrato vegetal. Todas as outras substâncias foram retiradas no processo de separação, mantendo-se apenas o canabinoide de interesse.

possibilidades do uso medicinal da Cannabis
possibilidades do uso medicinal da Cannabis

Diferentes produtos serão utilizados para diferentes indicações terapêuticas, e devem ser empregados de acordo com a avaliação minuciosa do prescritor em consulta. Reforçamos que apenas um profissional capacitado pode determinar qual é a melhor forma de tratamento para o paciente, escolhendo o produto que melhor se adeque para cada caso.

Você pode conferir essas e outras informações em nosso blog, site e redes sociais. Acesse nossos conteúdos e entre em contato com nossa equipe para maiores informações!

 

Escrito por Gabriel Barbosa – Supervisor de P&D e Assuntos Regulatórios na HempMeds Brasil.