X

Whatsapp Chat

Você sabe qual é a diferença entre o Cânhamo e a Maconha?

É fácil se confundir quando se trata de distinguir o cânhamo da maconha. Muitas vezes estes termos são usados erroneamente de forma intercambiável, apesar de existir diferenças claras entre as duas plantas. Primeiramente, é importante entender que o cânhamo e a maconha são plantas da mesma espécie, a Cannabis sativa. No entanto, ambas são geneticamente distintas e geralmente utilizadas para finalidades diferentes.

O que é o cânhamo?

O cânhamo é uma planta de Cannabis cultivada por suas sementes, fibras e caule. As sementes são usadas na produção de alimentos, suplementos nutricionais, medicamentos e cosméticos. O caule e suas fibras são usadas na produção de papel, tecidos, cordas, compostos plásticos e materiais de construção.

Colheita de cânhamo

O cânhamo se desenvolve bem in natura, tipicamente cultivado ao ar livre, onde plantas machos e fêmeas são semeadas lado a lado para encorajar sua polinização pelo vento. A planta cresce vigorosamente, chegando a uma altura de 2 a 4 metros.

Para uma planta de Cannabis ser considerada cânhamo, ela deve conter no máximo 0,3% de tetrahidrocanabinol (THC), o princípio ativo que causa efeitos psicoativos. Este nível de THC é 33 vezes mais baixo do que o encontrado na maconha menos potente. Desta forma, é impossível um usuário sentir efeitos psicotrópicos com o cânhamo, que naturalmente tem um teor mais alto de canabidiol (CBD), um dos mais de 120 canabinoides até então identificados na Cannabis.

O que é a maconha?

A maconha é a Cannabis cultivada principalmente por suas propriedades psicoativas que causam o barato associado à planta. O caule e as fibras não são utilizados, mas suas flores, a parte da planta que apresenta níveis bastante elevados de THC.

Plantação de maconha em estufa

Para maximizar estes níveis de THC na maconha, ela é comumente cultivada em um ambiente fechado para que as condições como luz, temperatura e umidade possam ser controladas de perto. Todas as plantas macho são removidas do recinto para evitar que as fêmeas sejam fertilizadas, o que faz com que a energia da planta seja direcionada à produção de sementes, diminuindo a concentração de THC das flores. Diferente do cânhamo, que se desenvolve como uma planta esguia e com poucas ramificações laterais, a maconha tem baixa estatura, é mais cerrada e apresenta muitas flores.

Através de reprodução selecionada, variedades de maconha podem apresentar concentrações de THC entre 10 e 30%. A planta naturalmente tem um teor muito baixo de CBD, e sua posse, seja para uso recreativo ou medicinal é ilegal no Brasil.

O Real Scientific Hemp Oil™ possui alto teor de CBD

O RSHO™ é um óleo derivado do caule de cânhamo rico em canabidiol e está legalmente disponível no país através da HempMeds® Brasil aos pacientes com uma prescrição médica e ofício de importação da ANVISA.

Nossa variedade não é geneticamente modificada, tem um alto teor de CBD e é cultivada sem pesticidas, herbicidas ou fertilizantes químicos em microclimas selecionados para otimizar a produção e saúde das plantas.

O RSHO™ é o primeiro produto à base de Cannabis importado legalmente no país. A HempMeds® Brasil trabalha junto com as famílias, auxiliando-as com o processo de importação. Estamos aqui para responder quaisquer dúvidas sobre nossos produtos e autorização da ANVISA. Entre em contato conosco para obter mais informações.

Saiba mais sobre nosso CBD em nosso site ou entrando em contato com nosso equipe por e-mail ou por nossas redes sociais. Em nosso blog, você também encontra artigos e textos sobre o canabidiol e sobre os potenciais terapêuticos do CBD.